OBRA DE REABILITAÇÃO DO CENTRO DE TRANSFORMAÇÃO DE PIMENTA DA CEPIBA

07.02.2022
Brussels

Assinalou-se hoje o arranque oficial da obra de reabilitação do centro de transformação de pimenta da Cooperativa de Exportação de Pimenta e Baunilha, em Rio Lima. Obra financiada pelo Projeto de Apoio às Fileiras Agrícolas de Exportação (PAFAE), implementado pelo IMVF (Instituto Marquês de Valle Flôr), financiado pela União Europeia e cofinanciado pelo Camões Instituto da Cooperação e da Língua. Este arranque dos trabalhos foi celebrado com a colocação da primeira pedra pelo Ministro da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural de São Tomé e Príncipe, Eng.º Francisco Martins dos Ramos, e pelo encarregado de programas da União Europeia em São Tomé e Príncipe, em nome da Embaixadora da União Europeia.

O financiamento e desenvolvimento desta obra acontece no âmbito de um dos objetivos do PAFAE, de contribuir para a melhoria da qualidade da pimenta produzida e processada em São Tomé e Príncipe, apresentando-se como uma das principais obras do projeto. Irão beneficiar desta infraestrutura todos os produtores de pimenta associados à cooperativa, ou seja, mais de 250 associados. Complementando a obra o projeto pretende ainda realizar formações de higiene e segurança alimentar, que permitirão aos funcionários da cooperativa garantir a qualidade constante da pimenta, que desta forma irá de encontro às exigências dos mercados internacionais, valorizando assim a pimenta de origem santomense.

No evento marcaram presença o Ministro da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural, Eng.º Francisco Martins dos Ramos, o encarregado de programas da União Europeia em São Tomé e Príncipe, em nome da Embaixadora da União Europeia, a coordenadora do PAFAE, Zélia Soares, o assistente de coordenação do PAFAE, Ailton Mandinga, o consultor de suporte técnico do PAFAE, Prof. Manuel Correia, o presidente da CEPIBA, Carlos Tavares, a responsável pela qualidade da CEPIBA, Maria José, e o empreiteiro de obra, Hélio Quaresma.A obra está avaliada em cerca de 240 000€ e terá a duração de cerca de 8 meses, sendo que se prevê a sua conclusão em outubro de 2022, e será executada pela empresa HQ Service.

Para maiores informações:Davide MORUCCIChefe de projetos da União Europeia na São Tomé e PrincipeE-mail: Davide.MORUCCI@eeas.europa.eu