Vai de viagem no verão? Algumas informações a reter sobre a proteção consular dos cidadãos da UE

Planeou umas férias bem merecidas fora da UE este verão? Eis algumas das coisas que precisa de saber antes de ir para o aeroporto.

Flight departures board (iStock)

 

Se alguma coisa correr mal no estrangeiro, a UE está aqui para o ajudar

Se tiver problemas graves fora da UE e o seu próprio país, membro da UE, não tiver embaixada nem consulado no país onde se encontra, pode obter ajuda de outro país da UE.

Será tratado da mesma forma que um cidadão do país da UE que o ajuda. É um dos seus direitos fundamentais como cidadão da UE.

O que significa isso na prática?

  • Roubaram-lhe ou perdeu o passaporte ou cartão de cidadão? O outro país da UE pode emitir documentos de viagem provisórios – documentos de viagem única, que lhe permitem, regra geral, regressar à Europa.
  • Sofreu um acidente ou ficou gravemente doente? O outro país da UE pode ajudá-lo a contactar a sua companhia de seguros, família ou amigos.

Foi vítima de um crime? O outro país da UE pode prestar-lhe assistência e informá-lo do que fazer a seguir.

Pode tomar algumas medidas simples para facilitar as coisas

  • Siga as recomendações e instruções de viagem do Ministério dos Negócios Estrangeiros do seu país. Por exemplo, declare a sua presença no estrangeiro, se for caso disso.
  • Verifique se o seu país tem embaixada ou consulado no país de destino.
  • Não há embaixada nem consulado? Encontre a embaixada ou consulado de outro país da UE na nossa plataforma específica ou por intermédio das delegações da UE. Guarde esses contactos.

Ajude-nos a passar a palavra

Não sabia que tenha direito à proteção consular como cidadão da UE? Julga que vale a pena recordá-lo à família, amigos e seus seguidores nas redes sociais?